Pai de Fred, preso por causa de Aécio: "Para o bem do Brasil, sua carreira política está encerrada"

Um texto atribuído ao desembargador aposentado Lauro Pacheco de Medeiros Filho, pai de Fred, primo de Aécio Neves preso por receber malas de dinheiro da JBS, causa frisson na alta sociedade mineira.

Nela, Lauro estaria passando um sabão em Aécio pela falta de caráter.

"Meu filho Frederico Pacheco de Medeiros Filho está preso por causa de sua lealdade a você, seu primo", aponta a mensagem. "Para o bem do Brasil, sua carreira política está encerrada". Confira, abaixo, a íntegra:


Fonte: Brasil 247
Compartilhar no G+