Policial militar que trabalhou em Ipu e Ipueiras é assassinado em Fortaleza

O fato aconteceu na tarde desta quarta feira 03/05/2017, no Bairro Ellery, em Fortaleza. De acordo com a polícia, a vítima foi atingida por um disparo na região do abdômen e não resistiu.

A vítima foi o policial militar: Francisco Gledson Matias, o soldado Matias, 37 anos, residente no Bairro Ellery em Fortaleza. Ainda segundo informações chegadas a nossa reportagem e SD Matias estava participando de um culto evangélico e ao sair dá igreja foi abordado logo na calçada por um elemento em uma moto que anunciou o assalto e levou o celular do PM .

Ainda de acordo com informações na tela do celular tinha uma foto do Policial fardado, e o bandido depois que tomou o celular do Policial teria retornado e atirado na vítima.

Amigos do Policial acreditam que o assaltante tenha visto a foto do PM fardado na tela do celular e pelo fato do mesmo ser policial o bandido tenha resolvido matar o PM .

Segundo informações não houve troca de tiros, até porque no momento o PM se encontrava desarmado.

O homem atirou contra o PM e o atingiu na barriga. O soldado chegou a ser levado por familiares ao Hospital Distrital Doutor Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra), mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. Após o crime, o homem fugiu sem ser identificado.

O policial militar estava lotado na 2º Companhia do 7º Batalhão em Nova Russas e, no momento, estava de folga. O soldado Matias ingressou na Polícia Militar no dia 8 de setembro de 2010.

O policial Matias estava lotado no destacamento policial dá cidade de Monsenhor Tabosa.

Em Monsenhor Tabosa o SD Matias pertencia a equipe que é comandada pelo Sargento Robério.

Outro detalhe é que o soldado Matias era pra ter assumido o plantão na data desta quarta feira (03) porém o mesmo não compareceu ao trabalho pois estava de atestado médico.

A noticia dá morte do SD Matias causou uma grande comoção entre seus amigos e companheiros de farda.

Policiais militares do 7° BPM/Crateús e da 2° CIA/Nova Russas onde o PM era lotado estão estarrecidos com a morte do amigo .

Já a cidade de Monsenhor Tabosa onde Matias trabalhava, se encontra de luto .

O Matias era um cidadão do bem, ele não tinha maldade com ninguém era uma pessoa boa de mais e ele não merecia ter morrido dá forma que morreu, disse seu amigo pessoal e companheiro de farda o SD J.Matos que também trabalha em Monsenhor Tabosa.

Já para o Subtenente Fernandes que trabalhou com Matias na cidade de Ipueiras , lamentou a morte do amigo . Ele era uma pessoa maravilhosa disse o Subtenente Fernandes em ralação ao PM assassinado.

Vale salientar que até o momento o autor do crime não foi localizado e policiais militares estão em diligências em busca de identificar e prender o criminoso.

O Blog Ipaporanga Notícias e Netcina estão de luto pela a morte de Matias

Fonte: Ipaporanga Notícias
Compartilhar no G+