Queda de Aécio poderá derrubar também Bolsonaro na Lista de Furnas

Segundo Ancelmo Goes do O Globo, essa "Lista de Furnas", dinheiro de Caixa Dois, teria abastecido 156 campanhas políticas, em 2000.

Os nomes de medalhões tucanos como Serra, Alckmin e Aécio aparecem na Lista de Furnas.

Mas a Lista de Furnas não é exclusividade dos tucanos, pois o ex-presidente da Câmara e ex-deputado Eduardo Cunha e seu amigo Jair Bolsonaro também aparecem na mesma Lista de Furnas.

Em 2014, Bolsonaro declarou: "se eu não conseguir me candidatar, quero ser vice de Aécio Neves [PSDB]. Claro, nada disso nunca entrou em pauta e nunca ninguém falou sobre isso, mas seria uma grande honra para mim", disse para mostrar sua admiração por Aécio Neves e completou: "Mesmo que ele não queria, voto no Aécio Neves".

Mas com a prisão de Andrea Neves, braço direito do irmão senador, e com a possibilidade do Aécio Neves também ser preso, as chances da Lista de Furnas ser finalmente investigada são grandes e com isso Bolsonaro deve está com a corda no pescoço.
Compartilhar no G+