Ipu (CE): Cruzeirinho empata e está eliminado da Copa Libertadores de Futsal

O Ipu (Cruzeirinho) empatou com o Ubajara (Juventus) em 2 a 2 no tempo normal, no Ginásio Coberto Abdoral Timbó, em partida válida pelas quartas de final da Copa Libertadores do Sertão de Futsal.

O Cruzeiro precisava da vitória por dois gols de diferença para ir para a final e esperar o ganhador entre as equipes de Sobral (MR4 Club) X Viçosa do Ceará (Viçosa Futsal) que disputam a outra semifinal. Na primeira partida de ida, ocorrida em Ubajara no último dia 16 desse mês, a Juventus venceu por 2 X 1 ficando com a vantagem do empate.

Apesar do esforço da torcida que lotou o Ginásio e apoiou o time até o final, aplaudindo os atletas até o apito final a equipe representante do município não conseguiu reverter o placar e acabou eliminada. O Cruzeirinho chegou até as quartas de final com a equipe de melhor defesa sofrendo apenas 9 gols. Viçosa Futsal 41 gols marcado é o melhor ataque.

A equipe do Cruzeirinho representante do município de Ipu começou pressionando e ainda no primeiro tempo abriu o placar com um chute cruzado do jogador Lucas, Ipu 1 X 0. A Juventus (Ubajara) segurou a pressão e ainda contou com um pouco de sorte e o talento de seu goleiro que levou a partida para os 20 minutos finais.

Nos primeiros minutos veio o empate Ipu 1 X 1 Ubajara, e o sufoco ficou para a reta final. Jogando com goleiro linha a equipe de Ipu erra um passe n campo de ataque proporcionando um lateral, a Juventus cobrando rápido acaba pegando o gol vazio e vira o placar Ipu 1 X 2 Ubajara. O Ipu continuou pressionando e após uma rápida troca de passes o atleta Artur acerta um chute no canto, sem chance para o goleiro. Tudo empatado novamente 2 X 2.

Nos segundos finais o arbitro da partida marca no campo de ataque da equipe de Ubajara uma falta sendo a sexta do segundo tempo, o que acaba provocando um tumulto na mesa de arbitragem, após o controle da situação o Ipu tem a seu favor um tiro livre direto e a chance clara de reverter o placar e oportunidade de levar a partida para a prorrogação já que na soma dos resultadas estava Ipu 3 X Ubajara 4. Porém a chance acabou na defesa do goleiro herói da partida e Ipu eliminado.

O atleta líder do selecionado do Ipu, Rogério, que não jogou a partida por ter sido expulso na primeira partida após o apito final, deposita a culpa da derrota em erros de arbitragem ocorrido na cidade de Ubajara local do primeiro jogo.

Fonte: Ipu Notícias
Compartilhar no G+