Ipueiras (CE): Dupla acusada de executarem pedreiro foram presos na zona rural de Croatá

As prisão dos elementos aconteceram nesta segunda feira (12/06/2017), por volta das 02h00, quando durante saturação realizada por integrantes do Destacamento policial de Croata, tendo a frente o tenente Sousa, sargento Alves, SD Tiago e SD Joniel, nas imediações do Sitio Piaus, na zona rural de Croatá, prenderam uma dupla acusada de terem executado a bala um pedreiro no município de Ipueiras.

A dupla presa foi identificada como sendo:

1° FRANCISCO ALISON DIAS GOMES, 23 anos, filho de Anselmo Gomes da Silva e Antônia de Maria Dias Ferreira, natural de Ipu, residente na Avenida Afonso Pena, Conjunto Alvorada em Fortaleza.

•2° MARCOS VINICIUS BEZERRA DO CARMO, 25 anos, filho de Fco Wilson Carlos de Carmos e Regina Bezerra de Menezes, natural de Ipu, residente no Sitio Santana, zona rural de Ipu.

Ambos trafegavam em uma moto Titan KS 150, cor vermelha, ano 2012, placa HWX 7124, a qual após consulta verificou-se que se tratava de uma placa fria e a moto na verdade era uma Honda 125, cor preta, ano 2007.

Durante uma busca pessoal foi encontrado com eles o seguinte material:

• Uma Pistola calibre 9mm, municiada com 16 cartuchos;

• Um revólver calibre 38 com 05 munições, sendo quatro intactas e uma deflagrada;

• 27 munições de calibre 38, entre estas havia uma deflagrada;

• 01 espingarda de pressão, pólvora e um canivete;

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos dois e ambos foram conduzidos para Delegacia de Policia Civil de Tianguá, onde foram apresentados ao Delegado Gregório e autuados por porte ilegal de arma de fogo, ficando os dois a disposição da Justiça.

A moto foi apreendida na Delegacia de Tianguá.

Homicidio:

A dupla presa é acusada de na noite anterior durante uma discussão terem matado na localidade de Bacamarte - Ipueiras, o pedreiro: João Paulo Vieira Alves, 33 anos, que residia na localidade de Prazeres, zona rural de Ipueiras, o qual foi morto com um tiro na cabeça.

Em conversa com a nossa reportagem, o tenente Sousa do destacamento policial de Croata, informou que as prisões dos elementos se deram graças a ajuda da população que ajudaram repassando informações para a polícia e resultando nas prisões dos indivíduos. 









Fonte: Ipaporanga Noticias
Compartilhar no G+