Lula diz esperar que Moro anuncie sua inocência

O ex-presidente Lula disse na manhã desta terça-feira 20 acreditar que não será condenado à prisão pelo juiz Sergio Moro no processo em que é acusado de ter recebido propina por conta de três contratos entre a empreiteira OAS e a Petrobras, e que o tríplex no Guarujá seria parte desse benefício.

"Espero que o juiz Moro leia os autos do processo para que possa, definitivamente, anunciar ao Brasil a minha inocência", afirmou em entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro (assista à íntegra no vídeo acima).

Sobre a expectativa da sentença que será proferida por Moro a partir desta quarta-feira 21, Lula disse estar "muito tranquilo". "Nunca estive tão bem na minha vida", descreveu.

"Se pegar a peça de acusação [do MPF], você vai perceber que é uma piada, não é uma acusação", acrescentou o ex-presidente. Para Lula, os "procuradores da Lava Jato deveriam ser exonerados por terem fabricado uma mentira".

Sobre o processo, os advogados de Lula, Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins, "esse é um julgamento político com verniz jurídico, um autêntico 'trial by mídia', sob a égide de violações e ilegalidades".

Fonte: Brasil 247
Compartilhar no G+