Mãe tenta registrar B.O. contra vítimas que reagiram a assalto cometido pelo filho

A mãe de um jovem preso por tentativa de assalto nesta quinta-feira (6), em Praia Grande, em São Paulo, tentou registrar um Boletim de Ocorrência após as vítimas reagirem e agredirem Gregory Perciliano de 20 anos, que estava na companhia Erick de Oliveira, de 23 anos. A dupla abordou funcionários que descarregavam um caminhão, mas outros que estavam no local perceberam a ação dos dois jovens e entraram em luta corporal. Mesmo armados, os suspeitos não conseguiram êxito e foram imobilizados.

Na delegacia, após serem presos, a mãe de Gregory tentou registrar um BO, mas o delegado recusou alegando que as vítimas agiram em legítima defesa. Dois jovens foram presos em flagrante ao tentaram roubar a carga de um caminhão em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite desta quinta-feira (6). As vítimas reagiram e agrediram a dupla, que foi presa. Na delegacia, a mãe de um dos suspeitos quis registrar um boletim de ocorrência em favor do filho, por conta da agressão. O delegado se recusou.

Os assaltantes foram encaminhados a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para realizar curativos nos ferimentos e depois para a Cadeia Pública. As vítimas da tentativa de roubo não se feriram com gravidade e passam bem.

Fonte: G1
Compartilhar no G+