PGR rejeita oferta de Eduardo Cunha para delatar 80 deputados

A procuradoria geral da República (PGR) devolveu o script oferecido pelo deputado cassado Eduardo Cunha para seu acordo de delação premiada. O PGR, Rodrigo Janot, entendeu que o ex-presidente da Câmara dos Deputados está tentando usar o Ministério Público Federal (MPF) para encobertar aliados e atacar desafetos.

Cunha ofereceu reveçar esquemas abalando oitenta deputados, mas a oferta não agradou Janot. Quando foi preso, Cunha afirmou que iria entrar para a história como o homem que derrubou dois presidentes.

Fonte: Ceará News 7
Compartilhar no G+