Camocim (CE): Idosa de 90 anos tenta se passar por outra idosa para fazer teste de vida em Agência bancária

Uma idosa de 90 anos e sua neta de 23 anos foram presas pela Polícia Militar após tentarem aplicar um crime de falsidade ideológica na Agência do Bradesco de Camocim.

Era por volta das 14h00 de sexta-feira, 18, quando o gerente do referido banco acionou os pm’s para uma ocorrência onde uma idosa estava se passando por outra para fazer a prova de vida dos beneficiários do INSS. Uma equipe da Força Tática foi ao local e descobriu que na realidade a verdadeira beneficiária já havia falecido há cerca de cinco anos e que na verdade a idosa e sua neta estavam tentando aplicar um golpe para continuar recebendo o benefício.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão às acusadas e conduzidas à DPC em Camocim, onde foi feito contra ambas um T.C.O com base ao artigo Art. 307 do Código Penal Brasileiro.

Art. 307 - Atribuir-se ou atribuir a terceiro falsa identidade para obter vantagem, em proveito próprio ou alheio, ou para causar dano a outrem:Pena - detenção, de três meses a um ano, ou multa, se o fato não constitui elemento de crime mais grave.

Efetuaram as prisões: Sgt Dário, Sds Nascimento e Ribeiro

Fonte: Camocim Polícia 24h
Compartilhar no G+