PR deve expulsar Cabo Sabino e Tiririca por votarem contra Temer

Conforme revelado pelo site G1, o Partido da República (PR), abrirá processo, de caráter disciplinar, contra os deputados que votaram a favor da continuidade da denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, na última quarta-feira, 02. O motivo da ação seria porque a legenda havia fechado questão, oferecendo total apoio ao presidente.

Na votação, nove dos 40 deputados federais da sigla votaram a favor da investigação. Confira a lista:

- Adelson Barreto (PR-SE) - Cabo Sabino (PR-CE) - Capitão Augusto (PR-SP) - Christiane de Souza Yared (PR-PR) - Jorginho Mello (PR-SC) - Marcelo Álvaro Antônio (PR-MG) - Tiririca (PR-SP) - Wellington Roberto (PR-PB) - Zenaide Maia (PR-RN)

Atualmente, o partido comanda o Ministério dos Transportes (Maurício Quintella) e da Agricultura (Blairo Maggi).

Resolução

Após a votação ser encerrada, o deputado federal cearense Cabo Sabino, leu, através de um vídeo ao vivo em seu Facebook, a resolução que recebeu da Comissão Executiva Nacional do PR decretando fechamento de questão da matéria: “Além da expulsão da legenda, devem punir retirando os parlamentares de todas as comissões. Eu participo de 22 comissões, mas prefiro ficar sem nenhuma, do que ficar sem a minha dignidade”, afirmou o parlamentar.

Sanções

As sanções variam de uma advertência à expulsão, passando por suspensão temporária das atividades partidárias.

Fonte: Repórter Ceará 
Compartilhar no G+