Eunício descarta acordo com FGs e reforça que recebeu Camilo e RC pelo bem do Ceará

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), em entrevista exclusiva ao Ceará News 7 na assinatura da ordem de serviço da Barragem do Lago Fronteiras, em Crateús, nesta sexta-feira (22), descartou acordo com o governador Camilo Santana (PT), com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), e com o grupo político dos FGs.

Eunício reforçou ainda que recebe Camilo e Roberto Cláudio como representantes do povo cearense, independentemente de partidos, e usa sua influência junto ao presidente Michel Temer (PMDB) para liberar recursos para o Ceará e atender a população.

“Esse não é o ano eleitoral, esse é o ano de trabalharmos muito para o Estado do Ceará. Em relação ao governador e ao prefeito de Fortaleza, eles me procuraram várias vezes para a liberação de recursos”. O senador tem usado a presidência do Senado para destravar recursos para o Estado e acelerar a conclusão de obras como o Cinturão das Águas, a transposição do São Francisco e outras iniciativas de combate à seca, como a Barragem do Lago Fronteiras.

“Vai ser pelas mãos do governador, que foi meu adversário nas eleições passadas. (…) Eu faço política com “p” maiúsculo, não faço política pensando no resultado eleitoral. Minha obrigação é trazer s recursos para o Estado do Ceará independente de quem vai fazer a obra”, encerrou Eunício, referindo a obras do Governo do Estado que serão concluídas devido a liberação de recursos junto ao Governo Federal através da sua articulação.

Fonte: Ceará News 7
Compartilhar no G+