Ipu (CE): Audiência Pública acerca do Plano Plurianual Participativo de Ipu (2018-2021)

O Plano Plurianual (PPA) está previsto na Constituição Federal de 1988, e foi regulamentado pelo decreto 2.829, de 29 de outubro de 1998. Trata-se de um plano que deve ser feito a cada quatro anos por todas as entidades da federação, Governo Federal, Estados e Municípios, para estabelecer diretrizes, metas e objetivos.

O PPA é aprovado pelo legislativo por uma lei quadrienal, sujeita a prazos e ritos diferenciados de tramitação e que tem vigência a partir do segundo ano de um mandato até o final do primeiro ano do mandato seguinte.

Aconteceu na manhã de segunda-feira, (04/09), a audiência pública que tratou sobre o Plano Plurianual do município de Ipu para o quadriênio 2018-2021. A audiência foi presidida pelo técnico em contabilidade Waldair Gonçalves.

Contou com a presença das seguintes autoridades: Vereadores Adriano Melo, Asarias Araújo, Olinda Martins e Nonato Filho, este o único a representar o grupo de oposição. Secretários: Gladson Martins (Saúde); Silvio Andrade (Desenvolvimento Econômico); Raimundo José (Administração e Finanças); Simão Martins (Turismo); Sonia Pontes (Cultura) e Carlos Amarante (Ação Social). Além da sociedade civil, também houve a presença de membros da Diretoria da Associação dos Universitários de Ipu (AUNI).

Secretário de Turismo Simão Martins , ressaltou os projetos que estão em vias de serem implementados pela gestão através da busca de dotação por emenda parlamentar, a exemplo da construção de um centro de eventos para o município.

O presidente da AUNI, Jeferson Araújo defendeu os interesses da classe e da falta de diálogo com a gestão. Afirmou que Ipu possui a segunda maior quantidade de estudantes. Perde somente para Tianguá. Indagou que não há a divisão de responsabilidade entre a gestão e a associação para dirimir os problemas enfrentados pelos acadêmicos. O secretário de Saúde Dr Gladson Martins, falou das novas políticas de saúde no que pese as ações de custeio e de investimento, das propostas de planejamento para traçar metas ao melhoramento da saúde municipal.

O vereador Adriano Melo ressaltou a importância da AUNI e a luta pela problemática do transporte universitário. Que se está buscando a fundamentação legal através da Lei de Diretrizes Orçamentária para sanear o problema. Tratou acerca da luta para conseguir emendas dos deputados votados em Ipu para adquirir frota própria ao transporte universitário. Afirmou que os vereadores estão de forma solidária unidos para solucionar o problema.

A vereadora Olinda Martins defendeu a proposta de reforma do Terminal Rodoviário do município.

A Técnica da Secretaria de Ação Social Corrinha Rufino, tratou da mudança de nomenclatura da secretaria de Ação Social para Secretaria de Assistência Social.

O vereador Asarias Araújo ressaltou a importância de dotar mais recursos a atenção secundária ao qual privilegia as atividades executadas no Hospital Municipal. Falou sobre alguns projetos em tramitação na Câmara Municipal.

A Secretária de Cultura Sonia Pontes salientou da aprovação do Plano Municipal de Cultura de Ipu. Falou das dificuldades de liberação de recursos para desenvolver os projetos culturais a nível Federal, Estadual e Municipal. Defendeu a criação de um Museu para Ipu. Falou das carência do município em não ter uma central de artesanato.

Fonte: Expresso Ipu
Compartilhar no G+