Ipu (CE): Clodoaldo e Fortaleza selam a paz: “Momento para perdoar!”, diz clube

Por meio de nota oficial lançada nesta quinta-feira (7), o Fortaleza afirmou que selou a paz com o atacante Clodoaldo, o famoso "Capetinha". O atacante é ídolo do Fortaleza e levou o clube à Série A do Brasileiro em 2002. Em 2003, foi o artilheiro do Leão no Cearense e conquistou o bicampeonato estadual. Mas jogou também pelo rival Ceará, desapontando diretores e torcedores do Tricolor do Pici.

Nesta quinta, perto de um jogo que será decisivo em busca da classificação para as quartas-de-final da Série C, o Fortaleza publicou uma nota e lançou um vídeo com a participação de ex-jogadores comentando sobre o futebol jogado por Clodoaldo e considerando o Capetinha "o maior jogador do futebol cearense dos últimos 20 anos". Erandir e Sérgio participam do vídeo.

"De que é feito um ídolo? De dribles, gols, vitórias e títulos. Um ídolo é feito de tudo isso, mas também de carne e osso. Ele acerta muitas vezes, mas também erra algumas vezes. Se é assim, o que diferencia o ídolo de um jogador comum? Difícil dizer. O certo é que o ídolo nasce com um certo espírito de grandeza. Dentro e fora de campo. Nos momentos bons e ruins. Grandeza para realizar conquistas históricas. Grandeza também para pedir perdão.

De que é feito um clube? De títulos, troféus, craques e glórias. Um clube é feito de tudo isso, mas também dos valores que promove. E o Fortaleza é combativo, aguerrido, vibrante e forte. Nunca desiste. Nunca desiste dentro de campo. E também nunca desiste dos seus ídolos. O maior jogador do futebol cearense dos últimos 20 anos voltou para casa. Alguns podem pensar que este não seria o melhor momento. Mas a verdade é que só existe um momento para perdoar: e o momento certo é agora".

Fonte: G1
Compartilhar no G+