Pai de menina de 11 anos que fugiu com garoto alerta pais a monitorar os filhos na internet

As crianças foram encontradas nesta quarta-feira
 (13), no município de Itaitinga (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)
Os pais da menina de 11 anos que fugiu de casa no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza, acompanhada de um garoto vizinho de 12 anos, na última terça-feira (13), alertam sobre a supervisão de crianças e adolescentes nas redes sociais. Foi a lição que eles disseram que aprenderam com o caso, em relato ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Francisco Geisson, responsável por Ana Yasmim de Sousa, contou que a filha sempre estava conversando com Natanael Santos, seu namorado. O pai reconhece que, ao invés de um garoto, poderia ter sido um adulto, e que foi uma sorte ter a reencontrado.

“A gente tem que agradecer primeiro a Deus pelo retorno de nossa filha. Temos que estar atentos com nossas crianças nas redes sociais. A gente não sabe com quem eles estão conversando. Tenham cuidado com os seus filhos. A gente sempre a via no WhatsApp e, quando ia olhar, ela apagava a conversa”, ressalta Francisco.

O casal de crianças foi encontrado na casa de um tio de Natanael Santos, no município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, nesta quarta-feira (13), graças a uma denúncia de vizinhos. A mãe da menina agradeceu a todos que contribuíram para encontrar o local em que a sua filha e o outro menino estava.

“Quando a criança sai sozinha no mundo, a gente fica sem esperança. Mas ela retornou. Eu só tenho que agradecer a quem ajudou a gente. Muito obrigada”, agradece Silvânia de Sousa.

Até o momento da fuga, ela desconhecia o relacionamento entre as duas crianças. Ao chegar em casa, Silvânia fez questão de conversar com a filha sobre o namoro e alertá-la que era muito nova para iniciar um romance.

“Eu expliquei para ela que, quando chegar o tempo de Deus, você vai namorar. Só tem 11 anos. Uma mãe não quer o mal para o seu filho. O momento é de estudar”, relata a orientação que deu para filha.

Natanael dos Santos e Ana Yasmim foram encaminhados para o 8º Distrito Policial, no Bairro José Walter, em Fortaleza. A garota de 11 anos também foi encaminhada para a Delegacia de Combate a Exploração da Criança e Adolescente (Dececa), para ser submetida a alguns exames. O menino foi entregue a casa dos pais. Os pais dele não quiseram conversar com a reportagem.

Fonte: Tribuna do Ceará
Compartilhar no G+