Homem se separa da esposa porque ela peidava fedorento

Imagem ilustrativa
De acordo com informações, um homem (identidade preservada), residente em uma localidade da zona rural de uma cidade do interior do Ceará, se separou da esposa depois de não aguentar mais os peidos fedorentos que sua companheira soltava na cama, no sofá ou em qualquer outro lugar da casa.

Ainda segundo informações, o homem teria dito que não é obrigado a sentir cheiros tão ruins e que quando namorava a esposa, ela não peidava tanto.

A mulher ficava com vergonha do mau cheiro provocado pelos puns fedorentos que soltava e botava a culpa no cachorro da família.

O homem confidenciou para amigos que uma vez estava fazendo sexo com a esposa e ela soltou um peido tão fedorento que ele não conseguiu mais dar prosseguimento ao ato sexual devido ao mau cheiro insuportável do peido da companheira.

Acredite se quiser
Compartilhar no G+