Mulher vai visita o parceiro no presídio e acaba morta enforcada

Um preso matou a parceira enforcada durante a visita no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Santo André, na Grande São Paulo, neste sábado (21). Talita Karen Miranda Ferreira, de 28 anos, estava dentro da cela com o parceiro quando foi atacada.

Segundo a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), outros detentos avisaram os carcereiros sobre o crime. O preso foi isolado e, perguntado sobre o caso, confessou, afirmando que a matou porque ela iria deixá-lo para ficar com outro.

A secretaria afirma que irá solicitar à Justiça a internação do preso no Regime Disciplinar Diferenciado, no presídio de Presidente Bernardes, no interior do Estado. Nesse regime, o preso fica isolado em cela individual e tem direito a duas horas de banho de sol.

Após o crime a unidade foi fechada após a retirada dos visitantes, e a cela onde ocorreu o crime preservada. O crime deve ser apurado pelo 4º DP de Santo André. Segundo a SAP, a Polícia Civil “foi avisada para registro da ocorrência e demais providências, inclusive a realização da perícia no local”.

Fonte: R7
Compartilhar no G+