Ipu (CE): Eleições 2018 já causa racha no grupo de oposição

As eleições estaduais sempre foi motivo de racha entre os grupos políticos no município de Ipu, pois dificilmente seus líderes e membros apoiam 100% os mesmos nomes dos candidatos para presidente, governador, senador e deputados.

A maior divergência fica entre o nome do governador e do deputado estadual.

O ex-prefeito Sávio Pontes e o jovem empresário Diego Carlos, lideranças da atual oposição de Ipu, já começaram suas articulações, mas com racha, indo cada um para lados opostos.

Sávio Pontes

- Já declarou que não apoiará a reeleição do governador Camilo Santana;

- Apoiará grupo do ex-vice-governador e atual presidente do TCM/CE Domingos Filho;

- O seu candidato a deputado estadual deverá ser Patrícia Aguiar, ex-prefeita de Tauá e esposa de Domingos Filho.

Diego Carlos

- Não abrirá mão de apoiar o deputado estadual Sérgio Aguiar;

- Deverá apoiar a reeleição do governador Camilo Santana.

Alianças 2020

É muito cedo pra falar de alianças visando as eleições municipais de 2020, mas, nesse ano, o prefeito de Ipu Sérgio Rufino e as lideranças da oposição, Diego Carlos e sua mãe ex-prefeita Toinha Carlos, devem ser vistos dividindo palanque e reuniões em apoio ao governador Camilo Santana, tanto na cidade de Ipu como em cidades vizinhas.

Essa deve ser a primeira vez que Sérgio Rufino, Diego Carlos e Toinha Carlos terão a oportunidade de juntos conversar reservadamente com o governador Camilo Santana e líder Cid Gomes. Essa possibilidade causa arrepios em membros da oposição e eleitores fiéis ao grupo.
Compartilhar no G+