Mais catorze mortes são registradas em Fortaleza em 12 horas

Somando às mortes ocorridas na maior chacina registrada no Ceará, na noite de sábado (27), foram pelo menos 28 assassinatos na capital durante o fim de semana.

Fortaleza registrou pelo menos 14 mortes da noite deste sábado (27) até a manhã deste domingo (28). Dentre elas, duas pessoas assassinadas em um luau no Cumbuco, uma mulher morta no Bairro Granja Portugal, e outras duas no Bom Jardim. Os casos foram confirmados pelo Comando de Policiamento da Capital (CPC) e por um inspetor do 30º Distrito Policial.

Somando às mortes ocorridas na maior chacina registrada no Ceará – 14 pessoas mortas em uma festa no Bairro Cajazeiras, na madrugada deste sábado (27) –, foram pelo menos 29 assassinatos na capital durante o fim de semana.

Crimes

De acordo com o major Nunes, do CPC, dois homens foram mortos em um latrocínio, no Bairro Ancuri. As vítimas foram atingidas na cabeça. Um homem morreu na Paupina em troca de tiros com policiais do Raio. E no Bairro José Walter, dois irmãos foram baleados e um deles morreu. A vítima não tinha antecedentes criminais.

No João XXIII, um homem de 21 anos foi morto com quatro tiros. Segundo major Nunes, a vítima estava em uma festa, houve uma briga e ele saiu do local. Três suspeitos em um veículo Saveiro prata seguiram o homem e atiraram contra ele.

No Conjunto Palmeiras, foi registrado um homicídio à faca. O corpo da vítima, de 17 anos, foi encontrado amarrado às margens da barragem do bairro.

Ocorreram ainda três homicídios, registrados na Granja Lisboa, Horizonte e Eusébio. Neste último, a vítima foi encontrada com orelha e mãos decepadas.

Fonte: G1/CE
Compartilhar no G+