Guimarães rebate Ciro: "se ficasse calado, talvez fosse melhor"

O líder da oposição, José Guimarães (PT-CE) reagiu às declarações do ex-ministro Ciro Gomes, presidenciável do PDT, que disse que era “mais fácil um boi voar do que o PT apoiar alguém”.

A declaração do ex-governador do Ceará foi concedida durante entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, na última sexta-feira, 23. Ciro afirmou que os tribunais vão impedir a candidatura de Lula por conta da Lei da Ficha Limpa. “Lula vai registrar e aí começa com o negócio que a gente sabe: liminar de juiz acolá, puxadinho jurídico pra acolá”, disse Ciro .

Guimarães disse que a fala denota "falta de rumo" do pré-candidato. "Um dia ele se reúne com o Haddad e no outro ele fala mal do PT", afirma. "Se Ciro ficasse calado, talvez fosse melhor para ele", disse o petista.

Ex-líder do partido na Câmara, Afonso Florence (PT-BA) atribui a declaração à "intempestividade" do Ciro. "Não é em cima do muro que ele vai se viabilizar eleitoralmente", reage. O parlamentar também diz que "não é fato" que o PT não forma alianças. "Há apoio nos estados. Agora, em uma eleição nacional, Ciro como postulante tem que esperar o tempo correto. O Lula não está inviabilizado", diz. Para o parlamentar, Ciro fez a declaração fora do "tempo correto".

Fonte: O Povo
Compartilhar no G+