Incêndio destrói 90% do prédio do Centro de Distribuição dos Correios em Fortaleza

Um incêndio de grandes proporções atingiu o prédio do Centro de Distribuição Domiciliar (CDD) dos Correios em Fortaleza, na Avenida Oliveira Paiva, no bairro Cidade dos Funcionários. As chamas foram verificadas pelo segurança do prédio por volta das 16h desta terça-feira (13).

Segundo Heraldo Pacheco, comandante do Corpo de Bombeiros do Ceará, cerca de 90% do prédio foi atingido pelo incêndio. A Perícia Forense divulgará o laudo sobre as causas do fogo dentro de 30 dias.

Ao todo, 10 caminhões e 40 homens dos Bombeiros em Fortaleza foram acionados para controlar o incêndio no CDD, responsável pela triagem de objetos postais na capital cearense. De acordo com Pacheco, por volta das 19h, o incêndio foi controlado para que não chegasse a outras partes não atingidas, mas a previsão é que as chamas no interior do prédio só seriam completamente debeladas ao longo da noite.

Apesar de já não haver mais chamas nesta quarta-feira (14), o Corpo de Bombeiros voltou ao local por volta das 5h30 e encontrou alguns pequenos focos, algo natural em virtude das proporções do incêndio. Por isso, está sendo realizado um rescaldo, que é o trabalho de molhar novamente toda a área, para impedir qualquer novo foco. O procedimento deve ir até as 12h.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, não há mais nenhum risco no local, que deve ficar interditado até uma nova vistoria.

Chamas vistas de longe

O incêndio pôde ser visto em diferentes regiões da capital cearense. O Tribuna do Ceará recebeu registros em fotos e vídeos até mesmo em bairros distantes como Granja Lisboa, localizado a 20 km do prédio.

A repórter Emanuella Braga, do programa Barra Pesada da TV Jangadeiro/SBT, mostrou às 17h que as explosões dentro do prédio dos Correios podiam ser ouvidas à distância. Depois, registrou o tamanho da destruição no interior do prédio. Confira nos vídeos abaixo:

Fonte: TRIBUNA DO CEARÁ


PUBLICIDADE
Compartilhar no G+