Ipu (CE): CAPS é destaque atuando com grupos e fortalecendo a saúde mental


O Centro de Atenção Psicossocial - CAPS II de Ipu está realizando reuniões com Grupos Específicos.

A psicóloga Miryan Taumaturgo e a Terapeuta Ocupacional Paula Aragão juntamente com outros profissionais que fazem o CAPS de Ipu estão realizando oficinas com pacientes terapêuticas promovendo interação e aumentando a auto estima dos participantes.

O grupo Encontro do CAPS de Ipu é composto por pacientes estáveis e têm como finalidade a socialização dos membros. Na galeria de fotos abaixo vemos um dos momentos desses encontros que acontecem todas as quartas-feiras.

A Rede de Atenção Psicossocial - RAPS têm como objetivo estabelecer o acesso e a promoção de direitos das pessoas que necessitam de cuidados de saúde mental, desenvolvida a partir da articulação de ações para diferentes níveis de complexidade.

• Respeito aos direitos humanos, garantindo a autonomia, a liberdade e o exercício da cidadania. • Promoção da equidade, reconhecendo os determinantes sociais da saúde. • Garantia do acesso e da qualidade dos serviços, ofertando cuidado integral e assistência multiprofissional, sob a lógica interdisciplinar. • Ênfase em serviços de base territorial e comunitária, diversificando as estratégias de cuidado, com participação e controle social dos usuários e de seus familiares. • Organização dos serviços em RAS regionalizada, com estabelecimento de ações intersetoriais para garantir a integralidade do cuidado. • Desenvolvimento da lógica do cuidado centrado nas necessidades das pessoas com transtornos mentais, incluídos os decorrentes do uso de substâncias psicoativas. (http:dab.saude.gov.br)

Para fortalecer ainda mais essa política da RAPS o Caps de Ipu deu início hoje a um grupo formado apenas por adolescentes onde abordaram assuntos pertinentes a essa faixa etária. Inicialmente foi feito uma apresentação, onde foram abordados sonhos, expectativas, comportamentos, interesses em comum e etc. A formação desse grupo têm a finalidade de prestar um suporte adequado à esses pacientes.








Miryan Taumaturgo - Psicóloga. Paula Aragão - Terapeuta Ocupacional. Coordenadora do Caps II - Gonçalina Martins

Fonte: Asarias Araújo
Compartilhar no G+