Indústria cearense não produz leite há 8 dias devido à greve dos caminhoneiros

A greve dos caminheiros está causando graves prejuízos ao agronegócio cearense, principalmente à pecuária leiteira, à avicultura e à carcinicultura.

Esses prejuízos serão detalhados nesta terça-feira, às 9 horas, pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC) , Flávio Viriato de Saboya, que convocou a imprensa para uma entrevista coletiva.

Da entrevista, que se realizada na séde da Faec, participarão também empresários do setor de lacticínios, que falarão sobre o desabastecimento de leite que já se registra no Ceará.

Por causa da greve dos caminheiros, os produtores de leite estão impedidos – há oito dias – de entregar sua produção. Em consequência, as indústrias estão sem produzir.

Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhar no G+