Jovem morde 20 alunas em escola no Ceará; polícia investiga o caso

Motivação das agressões não foi divulgada pela polícia. Instituição de ensino afirmou que jovem não era estudante da escola.

Cerca de 20 alunas relataram que foram agredidas com mordidas por um jovem de 16 anos nesta terça-feira (22), dentro de uma escola no município de Aracati, no litoral leste do Ceará. As estudantes foram mordidas durante um evento esportivo realizado pelo colégio. A polícia investiga o caso.

Segundo uma nota divulgada pelo Colégio Marista de Aracati, alunos do Ensino Fundamental, amigos e familiares estavam reunidos na quadra da escola para participar de atividades esportivas, quando o jovem entrou e mordeu as vítimas. Ele não era aluno do colégio e havia sido convidado para o evento, segundo a direção do Marista.

Conselho Tutelar

No final do evento, uma aluna, vítima de uma mordida, procurou a coordenação e relatou o caso. A direção da escola informou que acionou o Conselho Tutelar e a Delegacia de Aracati, onde foi registrado um boletim de ocorrência. A motivação das agressões não foi divulgada pela polícia. Testemunhas relataram que o adolescente foi desafiado a morder o maior número de garotas possível.

"Esclarecemos que este é um fato isolado, e que o colégio manifesta seu posicionamento contra qualquer tipo de agressão adota políticas institucionais de proteção à criança e ao adolescente no espaço educativo", informou a instituição, em nota.

A direção da escola convocou uma reunião com os pais das estudantes, para esclarecer o ocorrido e para prestar demais orientações. Os jogos escolares seguem até sexta-feira (25), e os portões estarão abertos apenas para os alunos do Ensino Fundamental II, segundo o comunicado.

Fonte: G1/CE
Compartilhar no G+