No 9º dia de greve, caminhoneiros mantém protestos em ao menos 11 estados

Pelo menos onze estados brasileiros têm manifestações no nono dia de paralisação dos caminhoneiros contra o preço do combustível. Apesar do acordo anunciado pelo governo, que se comprometeu a baratear o diesel em R$ 0,46 por 60 dias, motoristas ainda mantém protestos em vias do país. A polícia e as Forças Armadas escoltam veículos com alimentos e insumos, que já chegam ao maior quantidade aos centros de distribuição e centros comerciais.

As informações são do G1. Há protestos em Goiás, Paraíba, Pernambuco, Ceará, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal.

Nas estradas estaduais paranaenses, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) contou 172 pontos de manifestação por volta de 0h40 desta terça-feira. Havia ainda 84 trechos com manifestação em vias federais do estado.

Caminhoneiros autônomos também mantém a vigília nos acessos ao Porto de Santos, em São Paulo. Os motoristas ocupam o acostamento e o canteiro central da Rodovia Anchieta, no caminho do porto, no km 23 e no km 25. A fila de veículos ainda se estendia, por volta de 6h40, pelo acostamento da Régis Bittencourt.

Os manifestantes protestam, sem interdições, na Anhanguera (Louveira, Vinhedo e Limeira) e na Dutra (Jacareí, Santa Isabel, Lorena, Guarulhos, Pindamonhangaba, Caçapava e São José dos Campos).

Em Minas Gerais, os motoristas protestam em nove trechos da BR-381 (SP-MG). Os caminhoneiros se reuniam, por volta de 6h50, na altura de Betim, Igarapé, Oliveira, Lavras, São Gonçalo de Sapucaí, entre outras cidades mineiras. O boletim mais recente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) listava 59 pontos de manifestação nas rodovias federais do estado.

Segundo o G1, que cita a concessionária Via Bahia, os caminhoneiros continuam a protestar em trechos da BR-116. Os grupos restringem a passagem de carretas e caminhões, com trânsito livre para os demais veículos. Os motoristas se reuniam, por volta de 7h, nas cidades de Santo Estevão, Itatim, Milagres, Jequié, Poções, Manoel Vitorino e Vitória da Conquista.

Fonte: EXTRA
Compartilhar no G+