Óleo diesel do Ceará é o mais caro do Nordeste


Com recuo de apenas um centavo nas duas últimas semanas, a média de preço do litro do óleo diesel no Ceará continua sendo a mais alta da região Nordeste, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) divulgados na última sexta-feira (6). A média do valor cobrado pelo litro de combustível foi R$ 3,544 no Estado, um recuo de 0,3% ante a semana anterior, de R$ 3,557.

As médias de preços mais altas para o litro do óleo diesel no Estado foram registradas nos municípios de Icó (R$ 3,660), Crato (R$ 3,651) e Juazeiro do Norte (R$ 3,626), enquanto as mais baixas foram encontradas em Canindé (R$ 3,428), Crateús (R$ 3,434) e Sobral (R$ 3,466).

Ainda segundo a pesquisa semanal de preços dos combustíveis da ANP, o preço do óleo diesel parou de cair no País. Na semana passada, o litro do combustível foi vendido, em média nacional, a R$ 3,384, praticamente estável em relação aos R$ 3,389 por litro verificados pela agência na semana anterior.

O valor é R$ 0,211 inferior ao verificado antes da greve dos caminhoneiros e R$ 0,404 menor que o vigente na primeira semana de paralisação. Em acordo com a categoria, o governo Temer se comprometeu com queda de R$ 0,46 por litro nas bombas. Para isso, concedeu subsídio de R$ 0,30 aos produtores e cortou de R$ 0,16 em impostos, ao custo total de R$ 13,6 bilhões.

Desde o dia 1º, 13 estados passaram a cobrar menos Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel, o que não foi o caso do Ceará, como reflexo da queda do preço nas semanas anteriores. Em alguns deles, porém, a ANP ainda não detectou repasse da redução na carga tributária.

A consultoria especializada em análise de mercado Triad, porém, questiona os dados da ANP e diz que, em sua pesquisa, os preços já atingiram, no fim de junho, queda de R$ 0,42 por litro - considerado pelas distribuidoras o maior repasse possível antes de cortes no ICMS.

Gasolina e etanol

De acordo com a pesquisa da ANP, o preço médio do litro da gasolina no Ceará caiu cinco centavos, de R$ 4,683 para R$ 4,637, nas últimas duas semanas. No entanto, a Petrobras anunciou na última sexta o segundo aumento no preço da gasolina neste mês - desde sábado (7), o combustível teve um reajuste de 1,07% nas refinarias da estatal e passou a custar R$ 2,0249 por litro.

O preço do etanol também registrou um recuo de cinco centavos nas últimas duas semanas no Estado. De acordo com o levantamento semanal da ANP, o preço médio praticado pelo litro do combustível caiu de R$ 3,787 para R$ 3,739 no intervalo pesquisado pela agência.

No País, a pesquisa da ANP apontou que o preço da gasolina também ficou estável na última semana, em R$ 4,495 por litro, na média nacional. Já o preço do etanol hidratado caiu de R$ 2,881 para R$ 2,833 por litro.

Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhar no G+