Camilo diz que Ciro “representa a esperança” e irrita petistas cearenses


O governador do Estado, Camilo Santana (PT), durante evento que oficializou as candidaturas de Cid Gomes e André Figueiredo, ambos do PDT, no sábado passado, disse ao presidenciável Ciro Gomes (PDT) que estaria junto com ele e que o presidenciável “representa a esperança”, o que não foi visto com bons olhos pela cúpula petista no Ceará. De acordo com o presidente em exercício do PT no Ceará, o deputado Moisés Braz, Camilo participará do evento de lançamento da candidatura de Lula no Estado e terá que apoiar a postulação do PT para a Presidência da República.

“Ciro, quero dizer que nós estamos juntos”, disse o governador Camilo Santana, afirmando ainda que o pedetista “dá uma grande contribuição ao processo importantíssimo, que é o processo eleitoral que estamos vivendo. Ciro, você representa a esperança”, afirmou o petista enquanto segurava a mão de Ciro.

Para Moisés Braz, o fato de o governador ter dito isso se dá por conta da coligação PT e PDT no Ceará, mas isso não quer dizer que o governador vá apoiar Ciro Gomes para presidente. “Ele vai apoiar e defender a candidatura do Partido dos Trabalhadores. Foi um compromisso que tivemos nas conversas feitas. Mas, claro, em muitas ocasiões ele estará ao lado de prefeitos do PDT que vão pedir votos para o Ciro“, disse.

Segundo Moisés, nesta segunda-feira (20), o partido vai oficializar Sônia Braga como coordenadora oficial da campanha presidencial do PT no Ceará, e em seguida, marcar encontro para inauguração do comitê regional da candidatura de Lula, a ser instalado na Avenida 13 de Maio. “Vamos fazer um evento oficial e vamos solicitar a presença do governador. Vamos deixar claro que o palanque do Camilo é o palanque do PT”.

Fonte: Blog do Edilson Silva
Compartilhar no G+