Ipu (CE): Com um secretário atuante, saúde pública municipal é destaque

O ponto mais destacado é o investimento da prefeitura na saúde, que representa cerca de 25%, mais do que o mínimo constitucional que a lei obriga 15% dos recursos municipais. Este investimento tem se mantido neste ano e é escolha do prefeito, de priorizar a saúde, que mantém vários serviços, destaque para o SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar), com consultas, remédios e curativos à domicílio, médicos especialistas atendendo no Hospital Municipal, enfim, são vários os benefícios. 

Além disso, reforma e ampliação do Hospital Municipal, reformas da sede da secretaria de saúde, do PSF Centro e da Mina, entre outros, construção de vários PSF´S. Mesmo diante das dificuldades financeiras, estão tendo a ousadia de ampliar os serviços.


A saúde de Ipu é destaque na região norte e em todo o estado do Ceará, recentemente em visita ao Hospital Municipal, o Secretário de Saúde do Governo do Estado do Ceará elogiou os serviços de saúde oferecidos à população ipuense.

Ainda na área da saúde, o município de Ipu conta com uma casa de apoio para os ipuenses em Fortaleza, as pessoas em tratamento de saúde na capital cearense que já ficaram no local elogiam a estrutura da casa mantida pela prefeitura de Ipu.



Asarias e Glaydson uma parceria de sucesso
O Secretário de Saúde de Ipu, Glaydson Martins, está desde 2013 a frente da pasta da saúde e vem desempenhando um ótimo trabalho, prova disso são os números positivos do Hospital Municipal que são divulgados mensalmente pelo diretor Eduardo Damasceno, e os números da Atenção Básica que são divulgados pelo Gerente dos PSF´s Asarias Araújo, que vem desempenhando um excelente trabalho de divulgação das ações da secretaria de saúde em parceria com o secretário Glaydson, outras coordenações também são destaques com números expressivos de bons atendimentos na saúde municipal.

Vários veículos já foram adquiridos para reforçar a frota da secretária de saúde, e em breve o município vai receber mais ambulâncias.

Repórter Ademir Gregório
Compartilhar no G+