Ciro Gomes xinga repórter durante coletiva em Roraima

Ciro Gomes

O candidato foi questionado a respeito dos conflitos na Venezuela.

O candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, se irritou em ato de campanha no sábado (15), em Boa Vista, Roraima, quando questionado por um homem sobre suas manifestações a respeito do conflito na Venezuela e dos brasileiros que agrediram alguns desses estrangeiros.

"Ciro, o senhor reafirma o que disse sobre os brasileiros que tiveram aquela manifestação da fronteira, que chamou os brasileiros de canalhas, desumanos e grosseiros?", questionou um homem que se identificava como jornalista no local. O candidato, então, respondeu: "Vá para a casa do Romero Jucá, seu filho da p...". Instantes depois, Ciro diz para sua equipe para tirá-lo dali. "Esse aqui é do Romero Jucá. Tira ele, tira ele", afirma o candidato. Ele também dá um leve empurrão no homem.

Nas suas redes sociais, Luiz Petri se identifica como jornalista e escreve que estava apenas cobrindo o evento. "Daí em um ato de covardia, o Senhor Ciro Gomes me deu um soco na barriga e me xingou. Fiquei sem reação porquê não sou de violência. Apenas fiz uma pergunta", escreveu. Até o início da tarde do domingo, o vídeo tinha sido reproduzido 294 mil vezes.

"Armação"

Segundo a assessoria de comunicação do candidato Ciro Gomes, o homem em questão não é repórter e sim assessor de um político ligado ao senador Romero Jucá (MDB), adversário do pedetista. O episódio foi uma 'armação' montada pelo político contra o candidato do PDT, reforça a assessoria.

Fonte: DIÁRIO DO NORDESTE
Compartilhar no G+