Ibope: intenção de voto em Ciro Gomes dispara no Norte e no Centro-Oeste

Ciro cresceu 8 pontos no Norte e no Centro-Oeste; na foto, campanha em Palmas (TO)

As intenções de voto no candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) tiveram grande alta no Norte e no Centro-Oeste, mostra a pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (5). Entre os eleitores dessa macro-região, que no levantamento aparecem juntos, o ex-governador do Ceará cresceu oito pontos percentuais, passando de 5% para 13% dos votos em comparação a pesquisa anterior, feita em 20 de agosto.

O presidenciável do PDT realizou campanha no fim de agosto em cidades como Palmas, Campo Grande e Ceilândia, no Distrito Federal. Vice-candidata na chapa, Kátia Abreu (PDT) é do Tocantins, estado onde já elegeu deputada federal e atualmente é senadora.

No Norte e no Centro-Oeste, Jair Bolsonaro (PSL), que lidera a pesquisa, teve queda de 30% para 26%. Geraldo Alckmin (PSDB) também melhorou seu desempenho, com alta de 5% das intenções de votos, e está agora com 10%.

A melhora de desempenho de Ciro Gomes também aparece Nordeste, subida de 14% para 20%. Com a indefinição do PT sobre a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o PDT tem buscado o voto que tradicionalmente é do partido. O político deve visitar nesta semana Ceará, Sergipe, Paraíba e Maranhão e busca ganhar o apoio dos governadores desses estados, que são próximos do PT.

Entre os mais pobres, com renda de até um salário mínimo, o ex-governador subiu quatro pontos, de 10% para 14%.

Ciro também melhorou seu desempenho acima da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais, entre os menos escolarizados (até a 4ª série do fundamental), os mais jovens (16 a 24 anos) e os mais velhos (55 ou mais), mulheres e homens, pretos e pardos, e católicos e evangélicos.

O Ibope fez a pesquisa entre os dias 1º e 3 de setembro, em 142 municípios do Brasil e ouviu 2.002 eleitores. O levantamento foi contratado pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo. O nível de confiança é de 95%, isso quer dizer que há probabilidade de 95% de os resultados mostrarem o atual momento do quadro eleitoral.

Fonte: UOL
Compartilhar no G+