No Dia do Sexo, casais revelam segredos que usam para apimentar a relação

Pesquisa mostra que casados estão mais satisfeitos que solteiros

A data é sugestiva: 6/9, o Dia do Sexo. O momento é sempre de muita gozação e piadinhas, mas a comemoração para valer, costuma ocorrer entre quatro paredes. Nas ruas do Rio, o EXTRA ouviu cariocas que dizem esbanjar disposição e muitos revelaram o que têm feito para deixar a relação mais quente.

Os 70 anos de experiência do florista Lincoln de Oliveira o fizeram aprender que, para o sexo ser bom, é preciso ter uma boa preliminar. Nada de brinquedinhos eróticos. Para ele, a dica número 1 é romantismo.

— Essa garotada está se esquecendo disso. Eu costumo levar um buquê de rosas vermelhas ou um chocolate. Isso já cria um clima. Depois, vem o carinho, o toque. Só quando estamos animados, partimos para o finalmente — explica o idoso que garante: — Não uso remédio azulzinho. Aqui, é só um cálice de vinho e pronto.

O florista Lincoln de Oliveira: o segredo é o romantismo O florista Lincoln de Oliveira: o segredo é o romantismo Foto: Ricardo Rigel / Extra Já a operadora de caixa Juliana da Silva, de 37 anos, há dois com sua companheira, gosta de inovar:

— Estou vivendo um dos momentos mais felizes da minha vida. Nós nos completamos e sempre compramos uns brinquedinhos para animar o sexo.

“Sempre compramos uns brinquedinhos”, contou a operadora de caixa Juliana da Silva “Sempre compramos uns brinquedinhos”, contou a operadora de caixa Juliana da Silva Foto: Ricardo Rigel / Extra Pesquisa da rede social adulta Sexlog para saber como está a vida sexual de casados e solteiros mostrou que a grama do vizinho nem sempre é mais verde e surpreendeu até os pesquisadores. Segundo os dados, os casados estão mais felizes no sexo do que os solteiros: 22% dos casais deram nota 10 para a vida sexual no casamento. Tanta felicidade vem acompanhada de muita dedicação. Ainda segundo a pesquisa, 76% dos casais disseram ter melhorado a performance na cama após o “sim”. Os casais que se destacam na satisfação são os do Amazonas (81%) e do Rio Grande do Sul (83%).

E só 5% acham que voltar a ser solteiro pode melhorar a vida sexual, enquanto os outros 95% acreditam que algumas técnicas são mais eficientes para proporcionar felicidade no sexo, como novas ideias para apimentar a relação (36%), trocar de parceiro ou praticar swing e ménage (31%), trabalhar menos e se divertir mais (20%).

Prazer para dar e vender

Quem trabalha em sex shop já está acostumado a ouvir histórias picantes. A empresária Cássia Nascimento é dona de um sex shop no Centro do Rio há 11 anos e já traçou o perfil da sua clientela:

— As mulheres geralmente procuram coisas para apimentar a relação e tentam achar formas de dar mais prazer aos dois. Já a maioria dos homens procura coisas que possam aumentar o prazer deles próprios. Acho que para um casal ser feliz na cama, os dois precisam sentir prazer.

Cássia acredita que o segredo da felicidade na cama é compartilhar o prazer Cássia acredita que o segredo da felicidade na cama é compartilhar o prazer Foto: Ricardo Rigel / Extra Telma Fernandes, dona de outra loja na região, trabalha nesse ramo há 36 anos e acredita que a boa relação sexual vai além da prática.

— Muitos casais jovens fazem sexo, mas não conversam sobre gostos e desejos de cada um. Os jovens entram muito tímidos, nem conseguem se olhar. As pessoas precisam se conhecer para que uma consiga dar prazer à outra — ensina.

Fonte: EXTRA
Compartilhar no G+