Operação prende mais de 100 pessoas no Ceará

Resultado de imagem para POLICIA CIVIL CEARA

Os presos possuíam mandados por roubo, furto e latrocínio.

A Polícia Civil do Ceará prendeu mais de 102 pessoas durante a Operação Midas iniciada na quarta-feira (26) em todo o estado. A operação também apreendeu cinco adolescentes.

Cerca de 470 policiais civis participaram da abordagem, entre delegados, escrivães e inspetores.

A maior parte dos capturados tem envolvimento em crimes de roubo, furto e latrocínios - roubo seguido de morte. Há ainda presos com envolvimento com tráfico de drogas e homicídios.

As prisões e apreensões foram realizadas nas cidades de Fortaleza, Maracanaú, Maranguape, Aracati, Iguatu, Quixadá, Fortim, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Barbalha, Russas, Icó, Crato, Brejo Santo, Tauá, Pindoretama e Mombaça. Além das prisões, foram apreendidas seis armas de fogo, dois coletes à prova de balas, munições de diversos calibres, além de maconha e cocaína.

A operação ocorreu 25 estados do Brasil mais o Distrito Federal, com coordenação do Ministério da Segurança Pública.

Dados nacionais

Em todo o país, a Polícia Civil capturou 2.743 pessoas durante a "Operação Midas", que foi realizada entre os dias 26 e 27 de setembro. No total, foram 2.494 pessoas presas e 249 menores apreendidos. Além de armas, drogas e veículos roubados foram recuperados.

Fonte: CNEWS
Compartilhar no G+