PT vai lutar "por todos os meios" pela candidatura de Lula

Apoiadores em vigília noturna, com faixas, cartazes e velas

"Vamos apresentar todos os recursos aos tribunais para que sejam reconhecidos os direitos políticos de Lula", diz o partido.

O Partido dos Trabalhadores (PT) anunciou que vai lutar "por todos os meios para garantir" a candidatura de seu líder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

"Diante da violência cometida hoje pelo Tribunal Superior Eleitoral contra os direitos de Lula e do povo que quer elegê-lo presidente da República, o Partido dos Trabalhadores afirma que continuará lutando por todos os meios para garantir sua candidatura nas eleições de 7 de outubro".

"Vamos apresentar todos os recursos aos tribunais para que sejam reconhecidos os direitos políticos de Lula, previstos na lei e nos tratados internacionais ratificados pelo Brasil. Vamos defender Lula nas ruas, junto com o povo, porque ele é o candidato da esperança".

"É mentira que a Lei da Ficha Limpa impediria a candidatura de quem foi condenado em segunda instância, como é a situação injusta de Lula. O artigo 26-C desta Lei diz que a inelegibilidade pode ser suspensa quando houver recurso plausível a ser julgado. E Lula tem recursos tramitando no STJ e no STF contra a sentença arbitrária".

É mentira que Lula não poderia participar da eleição porque está preso. O artigo 16-A da Lei Eleitoral prevê que um candidato sub judice (em fase de julgamento) pode "efetuar todos os atos relativos à campanha eleitoral, inclusive utilizar o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão e ter seu nome mantido na urna eletrônica", afirma o comunicado do PT.

Lula cumpre pena na sede da Polícia Federal em Curitiba por corrupção e lavagem de dinheiro.

Fonte: AFP
Compartilhar no G+