Professor condenado por estuprar aluna é preso após se esconder em mato

Homem preso por estupro vivia no meio do mato — Foto: Divulgação

Segundo a polícia, ele estava escondido em um rancho, no meio de um matagal. Homem foi condenado em 2007, mas estava foragido há dois anos anos, disse delegado.

O professor Ronaldo Quixaba Guimarães, que foi condenado em 2007 a 11 anos e 5 meses por estuprar uma de suas alunas, foi preso na madrugada desta quarta-feira (9), em Goiatins, na região norte do Tocantins. Segundo a polícia, ele estava escondido em uma cabana, no meio do mato.

O delegado regional de Araguaína Bruno Boaventura informou que o mandado de prisão foi cumprido por policiais e delegados de Goiatins e Campos Lindos. O homem estava foragido há dois anos, período em que permaneceu em matas e em área rural de difícil acesso.

Para prendê-lo, policiais seguiram a pé por uma longa distância na zona rural e cercou o rancho, onde Guimarães estava escondido. No local outro homem foi preso suspeito de posse irregular de arma de fogo. Com ele, foi apreendida uma espingarda calibre .20.

Fonte: G1
Compartilhar no G+