Funceme prevê fim de semana com chuva apesar de altas temperaturas no Ceará

Resultado de imagem para CHUVA

O calor está grande, mas vem previsão de água por aí. A previsão para o fim de semana é de céu parcialmente nublado e grande possibilidade de chuva. Nas últimas 24 horas, as maiores chuvas foram registradas em Tauá, no Sertão Central e nos Inhamuns. Apesar das precipitações chuvosas, cidades como Jaguaribe e Morada Nova registraram temperaturas acima dos 39ºC.

A rede de radares da Funceme continua registrando chuvas, principalmente na porção oeste do Sertão Central, durante a manhã desta sexta. A previsão do tempo indica nebulosidade variável com eventos de precipitações no centro-norte do Ceará. Céu parcialmente nublado nas outras regiões do estado. Para o sábado (24), a previsão é semelhante. No domingo, haverá nebulosidade variável com eventos de chuva em todo o território estadual.

A Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos) registrou chuvas em pelo menos 26 municípios cearenses entre as 7h de quinta-feira (22) e as 7h desta sexta-feira (23), segundo a (Funceme). O meteorologista Raul Fritz explicou que as chuvas do intervalo de 24 horas deram-se por alterações atmosféricas próximo à Linha do Equador.

“As precipitações que ocorreram no Estado aconteceram devida à formação de áreas de instabilidade associadas ao um deslocamento temporário da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) em direção ao litoral do Ceará”, disse.

Até o momento, o maior registro de chuva foi em Tauá, município do Sertão Central e Inhamuns, com 60 milímetros. A Funceme ainda aponta 57,5 mm em Arneiroz, 53 mm em Catarina e ainda 50 mm em Orós, todos na mesma região. Os dados ainda são parciais.

Temperatura

Apesar das chuvas entre quinta e esta sexta, determinados municípios do Estado continuaram registrando altas temperaturas. Em Jaguaribe, a máxima foi de 39,6°C e 39,1°C em Morada Nova. Conforme dados no Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), estas foram as maiores temperaturas do País no intervalo de 24 horas.

Fonte: Tribuna do Ceará
Compartilhar no G+