Atenção redobrada para leptospirose neste período de chuva

Resultado de imagem para LEPTOSPIROSE

Confira os sintomas da doença e onde pode realizar exames no sistema público de saúde.

Nesta época de chuva são necessários cuidados redobrados com leptospirose. A doença é infecciosa, causada por uma bactéria presente na urina de ratos e de outros animais, a leptospira. “A bactéria está presente na água e a pessoa com algum ferimento ou arranhão pode ser contaminada através desse contato”, explica a farmacêutica Karene Cavalcante, do Laboratório Central de Saúde do Ceará

A transmissão acontece através do contato com poças de água formadas pela chuva, lama de esgoto ou até mesmo rios contaminados. Manter a casa limpa, especialmente a cozinha, o jardim e o quintal, ajuda na prevenção. Assim como a limpeza das vasilhas dos animais de estimação e armazenamento do lixo com os restos de alimentos.

Ano passado foram confirmado 47 casos no estado.

“A investigação é feita através de amostras sanguíneas, que devem ser coletadas a partir do sétimo dia do surgimento das manifestações. A análise sorológica é feita no Lacen”, explica a farmacêutica.

Os sintomas da leptospirose são parecidos com outras doenças infecciosas, por isso é necessário realizar os exames.

Sintomas:

Dores no corpo; Dor de cabeça; Febre; Diarreia; Vômito; Tosse.

Dores na panturrilha e icterícia (coloração amarelada na pele e mucosas) também estão entre os primeiros sintomas, que podem se manifestar de um a 30 dias após o contato com a água contaminada. “Ao notar os primeiros sintomas, a pessoa deve procurar um posto de saúde”, orienta Karene.

Fonte: CNEWS
Compartilhar no G+