Ubajara (CE): Agência Nacional de Águas embarga barragem de açude com risco de rompimento


A ideia é que a empresa proprietária da barragem Granjeiro adote medidas imediatas de segurança para minimizar os riscos de rompimento da estrutura.

A Agência Nacional de Águas (ANA) realizou o embargo provisório da barragem Granjeiro, em Ubajara, a 348 km de Fortaleza, cujo empreendedor é a Agroserra Companhia Agroindustrial Serra da Ibiapaba. A ideia é que a empresa adote medidas imediatas de segurança para minimizar os riscos de rompimento da estrutura.

Medidas de contenção da erosão já foram concluídas, e agora está em andamento escavação de canal ao lado da barragem para liberação controlada de água. Por precaução, a ANA recomendou a evacuação da população na região, o que foi executado pela Defesa Civil Estadual na noite deste sábado (16).

Enquanto houver o embargo provisório, a empresa não poderá operar a barragem Granjeiro, no leito do riacho Jaburu, até que seja garantida a segurança da estrutura.

A partir de comunicado da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), técnicos do órgão cearense e da ANA foram imediatamente ao local e verificaram uma erosão significativa na barragem.

Em função deste risco, foi deflagrada a situação de emergência. Esta situação acontece em caso de possíveis danos à integridade estrutural e operacional da barragem. Desde 2017, a ANA vem autuando o empreendedor da barragem Granjeiro para regularização da estrutura.

Saída imediata

O prefeito de Ubajara, no Ceará, Renê Vasconcelos, pediu que as famílias que moram nas proximidades do Rio Jaburu saiam de casa imediatamente, devido ao risco de rompimento da barragem do Açude Granjeiro.

“Quem não saiu de casa ainda, por fazer saia. É muito importante que obedeçam a Defesa Civil nesse momento”, aconselhou em vídeo publicado nas redes sociais na manhã deste domingo (17).

Segundo o Corpo de Bombeiros, 250 famílias já foram realojadas desde a noite de sábado. Ao todo, cerca de 500 devem ser retiradas. “No Santuário Mãe Rainha, temos equipes com médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos. Quem puder ir será bem atendido. Quem não estiver em área de risco e puder acolher os parentes, ótimo”, explica o prefeito.

Ainda de acordo com o gestor, “o risco de desabamento é reduzido”. O realojamento é de caráter preventivo e se justifica pela etapa atual das obras de abertura de um novo sangradouro para o açude Granjeiro, que é de propriedade particular e fica localizado entre Ubajara e Ibiapina.

Fonte: Tribuna do Ceará
Compartilhar no G+