Ubajara (CE): Balneário do Boi Morto começou a ser esvaziado para evitar risco de inundação com o possível rompimento da barragem do açude Granjeiro


O Balneário do Boi Morto, situado em Ubajara, começou a ser esvaziado neste domingo (17) para evitar risco de inundação com o possível rompimento da barragem do açude Granjeiro. A barragem, desde a terça-feira (13), vem sendo avaliada pela Defesa Civil, que atestou a probabilidade de um rompimento da estrutura.

O local, junto com a Cachoeira do Boi Morto, é um dos principais pontos turísticos da região da Ibiapina e tem parte da água do reservatório vinda do açude Granjeiro.

Com o risco de rompimento da barragem, as comportas do balneário foram abertas como medida preventiva para evitar maiores inundações.

A medida é mais uma das realizadas neste domingo (18) no município. Estão sendo retiradas de áreas de risco 513 famílias que vivem em comunidades rurais no entorno da barragem do açude Granjeiro.

A maioria das famílias estão sendo realocadas para casas de parentes e outras foram encaminhadas para o Santuário da Mãe Rainha, localizado no Bairro São Sebastião. Doações de alimentos, cobertores e colchões estão sendo realizados no local. Mas, mesmo com o risco, há pessoas que resistem em sair.

Equipes da Secretaria de Recursos Hídricos do Governo do Ceará (SRH) e da Agência Nacional de Águas (ANA) estão no local realizando trabalhos de reforço da barragem.

Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhar no G+