Ipu (CE): Polícia Civil efetua a prisão de quatro pessoas acusadas de furto de energia elétrica


A Polícia Civil de Ipu sob o comando do seu titular, delegado Dr. Rômulo Melo, num trabalho conjunto com a ENEL, advogado, engenheiros, técnicos e demais funcionários, efetuou nesta terça-feira (16/04), a prisão de quatro pessoas, acusadas de furto de energia.

Mediante denúncias três comércios, e duas residências particulares foram investigados, e foi constatada a prática criminosa. Em todos se configurou o furto de energia elétrica, o famoso gato. Quatro pessoas foram presas em flagrante, em dois casos o juiz arbitrou fiança e foram liberadas, dois ainda continuam presos, mas também poderão ter suas fianças arbitradas.

A quinta pessoa investigada, teve inquérito instaurado através de portaria, em virtude do acusado não ter sido localizado no município, já que o mesmo se encontra em Fortaleza. Visto que o furto de energia é um crime qualificado pela fraude empregada, o delegado não pode arbitrar fiança, ficando assim tal procedimento a cargo do juiz.

Em um dos casos o proprietário do estabelecimento, quebrou o calçamento e puxou o cabo de eletricidade por debaixo da terra, com o intuito de burlar o trabalho da ENEL. Os trabalhos começaram no período da manhã e foram concluídos no começo da noite.

A nossa reportagem aguarda mais detalhes da ação conjunta desta terça-feira (16/04), Polícia Civil de Ipu e ENEL. Portanto cuidado, "gato" é furto de energia, e furto é crime!

Fonte: Repórter Francisco José via Ipu Notícias
Compartilhar no G+