Mulher é presa por estupro de vulnerável contra a própria filha, no interior do Ceará

Resultado de imagem para CASO DE POLÍCIA

A mãe era conivente com o crime de estupro praticado contra a menina por um homem de 22 anos.

A polícia realizou a prisão de uma mulher suspeita de estupro contra a própria filha de 12 anos, em Fortim, na última terça-feira (21).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a mulher era conivente com o crime de estupro praticado contra a menina por um homem de 22 anos.

Ela foi presa em casa e levada para uma unidade do sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça. A criança ficou sob os cuidados da avó materna.

O homem suspeito de praticar o crime é procurado pela Polícia Civil.

O delegado Huggo Leonardo, responsável pelas investigações, explicou que tanto o agressor quanto a mãe da vítima são passíveis de punição. “O Código Penal pune não apenas as pessoas que cometem a ação, mas pune igualmente as pessoas que se omitem na obrigação de garantir que a pessoa não sofra os abusos sexuais”, explicou o delegado.

Ele afirma ainda que o homem foi indiciado por estupro de vulnerável na modalidade comissiva. Já a mãe responde pelo mesmo crime de estupro de vulnerável com as mesmas sanções penais pela omissão “tendo em vista que ela é garantidora da incolumidade sexual da vitima”, finaliza Huggo.

Fonte: DIÁRIO DO NORDESTE
Compartilhar no G+