Polícia de SP prende homem que participou de assalto ao Banco Central de Fortaleza

Resultado de imagem para Polícia de SP prende homem que participou de assalto ao Banco Central de Fortaleza

Advogado disse que cliente não sabia de última condenação por outro roubo. Deic investiga se Jean Ricardo Galian pertence a facção criminosa.

A Polícia de São Paulo prendeu nesta quinta-feira (9) um homem que participou do assalto ao Banco Central de Fortaleza, no Ceará, quando R$ 164 milhões foram furtados em 2005.

Jean Ricardo Galian, de 41 anos, já havia cumprido pena por assaltos a bancos. Atualmente vivia em um condomínio no estado do Paraná, mas restava um mandado de prisão por roubo em São Paulo.

Na manhã desta quinta, a polícia paulista foi a cidade de Londrina buscar Galian, conhecido como “Gordo”. Ele foi preso e trazido de carro para a sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Na longa ficha criminal do homem, consta um crime que marcou época: em agosto de 2005, cerca de R$ 164 milhões foram levados de um dos endereços do Banco Central, em Fortaleza, por um túnel de 80 metros.

No ano seguinte, em Porto Alegre, um plano semelhante, contra duas agências bancárias, foi descoberto a tempo pela polícia.

O advogado de Galian diz que seu cliente estava em liberdade condicional e que desconheciam a condenação em São Paulo, determinada há seis anos. “Na época, quando ele foi preso, este mandado estava aqui em São Paulo, e não na vara de execuções criminais. Então ele cumpriu as penas sem esse mandado de prisão”, disse Anderson da Silva Araújo.

Segundo o delegado do Deic, uma investigação ainda em andamento indica que Jean Ricardo é integrante de uma facção criminosa. “Essa investigação continua - de roubo, associação criminosa e tráfico. Então nesse momento nós resolvemos efetuar a prisão dele”, explicou o delegado Ricardo Guanaes.

Fonte: G1/CE
Compartilhar no G+