Quatro pessoas são presas por agredir jovem assassinada em Sobral

 Em um outro vídeo, as agressoras chegam a utilizar paus e pedras para continuar agredindo a vítima — Foto: Arquivo Pessoal

Nas imagens, a vítima é lesionada com socos, chutes, puxões de cabelos, pauladas e pedradas no meio da rua, sendo levada em seguida para um imóvel, onde o corpo foi encontrado.

Pelo menos quatro pessoas já foram presas suspeitas de participar da morte da jovem Maria Elailane do Nascimento, cujo corpo foi encontrado nesta terça-feira (14) em um imóvel abandonado em Sobral, Região Norte do Ceará. Elailane foi espancada, apedrejada e ferida a golpes de faca. A Polícia Civil investiga o que motivou o espancamento e o homicídio.

Um vídeo compartilhado em redes sociais nesta terça-feira (15) mostra pelo menos cinco mulheres espancando a vítima. As imagens mostram o grupo agredindo Elailane com violência, desferindo socos, chutes, puxões de cabelo e a arrastando pela rua. Toda a violência é filmada por uma outra pessoa. Um homem se aproxima do grupo e permanece observando toda a cena.

Após o espancamento, as mulheres aparecem arrastando Maria Elailane pelos cabelos até uma residência. Em um outro vídeo, as cenas da violência continuam dentro do imóvel, com mais hostilidade. As agressoras utilizam paus e pedras para continuar lesionando a vítima.

Investigação

O Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Sobral investiga o caso. Pelo menos quatro pessoas já foram presas suspeitas de participar do crime, segundo o delegado Paulo Castro, responsável pelas investigações.

Na tarde desta quarta-feira (15), equipes do NHPP saíram em buscas de mais suspeitos do homicídio. As imagens dos vídeos são utilizadas para dar suporte à apuração da morte da jovem.

O corpo de Maria Elailane foi encontrado pela polícia dentro de uma casa abandonada no Bairro Terrenos Novos, na tarde de terça-feira (14).

Fonte: G1
Compartilhar no G+