Ipu (CE): Resultados de duas sessões de julgamentos do judiciário neste mês de junho


Nos dias 10 e 11 de junho de 2019 aconteceram duas sessões de julgamentos do judiciário de Ipu, os julgamentos ocorreram na Casa de Cultura Professora Valderez Soares, devido o Salão do Júri do Fórum ter sido cedido ao cartório Eleitoral da 21ª Zona, para o prosseguimento do Cadastramento Biométrico dos Eleitores da 21ª zona eleitoral de Ipu e Pires Ferreira.

No dia 10/06 aconteceu o julgamento de Francisco das Chagas Rodrigues, acusado de tentativa de homicídio contra a companheira na localidade de Baixa Larga, em julho de 2016.

Relembre o crime.

Uma mulher de nome Maria Lúcia Lins de Carvalho foi esfaqueada pelo companheiro em julho de 2016 na localidade de Baixa Larga, na região serrana de Ipu. A vítima foi socorrida para o hospital com uma lesão da orelha ao queixo, lesões no braço, punho, pescoço e foi transferida para Sobral, sem riscos de perder a vida.

Julgamento

Durante o julgamento a vítima esteve presente e relatou como tudo aconteceu aos jurados.

Condenação

Francisco das Chagas Rodrigues foi condenado a 14 anos e 8 meses de prisão em regime fechado pela tentativa de homicídio.

O mesmo também responde à acusação por crime de estupro de vulnerável.

Outro julgamento

Nesta terça-feira (11/06), aconteceu o julgamento de Francisco Tiago Pereira da Silva, acusado de homicídio.

Francisco Tiago Pereira da Silva foi condenado a seis anos de prisão. O mesmo havia sido preso de junho de 2014 até meados de 2017,  atualmente respondia em liberdade. O período em que ele ficou preso integraliza mais de um sexto da pena, o que lhe conferiria, em tese, o direito à progressão de regime.

Em vista de tais circunstancias ficou determinado que a pena será cumprida no regime aberto.

Sentenças na íntegra


Francisco das Chagas Rodrigues 









 Francisco Tiago Pereira da Silva





Com informações do Ministério Público

Compartilhar no G+