Assembleia com prefeitos da Ibiapaba discute limites territoriais entre Ceará e Piauí


A AMI, (Associação dos Municípios da Ibiapaba) que tem como presidente o prefeito de Ipu Sérgio Rufino é uma entidade com nove prefeitos da Ibiapaba e mais seis da região, realizou mais uma Assembleia na noite desta quinta-feira, 18 de julho de 2019 na cidade de Tianguá.

O evento contou a presença da Deputada Augusta Brito(PCdoB), atual Coordenadora do Projeto Atlas de Divisas Municipais Georreferenciadas do Estado do Ceará, o deputado Queirós, além dos prefeitos de Ipu, Croatá, Tianguá, Carnaubal , vereadores, representantes e chefes de gabinete da região.

A reunião teve como principal pauta a Audiência Pública da Assembleia Legislativa - sobre os limites territoriais dos dois estados , Ceará e Piauí, um debate que aconteceu na Câmara Municipal de Carnaubal, região da Ibiapaba.

A disputa entre Ceará e Piauí surgiu após o Decreto Imperial 2012, de 1880, que alterou a linha divisória das então duas províncias. O Piauí conseguiu uma saída para o Oceano Atlântico, anexando o território de Armação (hoje o município piauiense de Luís Correia). Em troca, o Ceará ficou com as terras que hoje abrangem o município de Crateús. Foram convidados para a reunião prefeitos e vereadores dos municípios que serão afetados pela disputa territorial, representante da Comissão de Criação dos Novos Municípios da Assembleia Legislativa e da sociedade.

Informações: Assembleia Legislativa do Estado do Ceará
Compartilhar no G+