Alexandre Frota é expulso do PSL por criticar o governo e Jair Bolsonaro


O parlamentar, que se afastou das redes sociais nos últimos dias, não perderá o mandato.

O deputado federal Alexandre Frota (PSL) foi expulso do Partido Social Liberal (PSL), legenda do presidente Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada nesta terça-feira (13), após reunião com a presença de Luciano Bívar, que comanda o partido. A expulsão foi aprovada por unanimidade. O parlamentar, que se afastou das redes sociais nos últimos dias, não perderá o mandato.

Recentemente, Frota criticou o governo e Jair Bolsonaro, dizendo ter se decepcionado com o presidente e a falta de articulação com o Legislativo. Em uma das críticas, não concordou com a nomeação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos. Na votação da Reforma da Previdência, o parlamentar decidiu se abster na votação em segundo turno, contrariando a orientação do PSL.

Além de ser criticado por nomes como Carla Zambelli, Frota perdeu a vice-liderança do partido na Câmara e o comando de diretórios municipais. O presidente do PSL, Luciano Bívar, afirmou que o deputado entrou em desalinhamento com o partido.

Fonte: CNEWS
Compartilhar no G+