Igreja de 84 anos será demolida devido a obras do Anel Viário


A derrubada dos muros da Capela Nossa Senhora das Graças causou polêmica entre fiéis que frequentam a igreja. A Superintendência de Obras Públicas (SOP) afirma que outra igreja será construída

Local de celebração de missas, há 84 anos, no entorno da Ceasa, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, a Capela Nossa Senhora das Graças teve parte de sua estrutura derrubada pela empresa responsável pela obra do Anel Viário nesta semana. O muro, grades e uma pequena escadaria da parte da frente da igreja foram retirados na última quarta-feira (21), segundo pessoas que moram no entorno. O Sistema Verdes Mares foi ao local na manhã desta sexta-feira (23) e conversou com fiéis e o padre. De acordo com o padre José Costa, responsável pela capela, a derrubada não foi autorizada por ele.

"Há três semanas vieram aqui pedindo autorização para a derrubada e eu falei que só ia permitir a partir do momento em que eu tivesse uma documentação de garantia nas minhas mãos. Para minha surpresa descobrimos que tinham derrubado", relata. Conforme frequentadores, a igreja já não celebra missas há mais de um ano por conta da sujeira e barulhos da obra.

Segundo o padre, um acordo foi realizado no ano passado entre o antigo pároco e o Governo do Estado para permitir a demolição e a construção de uma nova igreja. Mas, de acordo com o religioso, não foi dada nenhuma garantia.

Quintino Vieira, superintendente da Superintendência de Obras Públicas (SOP), Pasta responsável pelas obras do Anel Viário, afirma que ainda não foi cumprida pelo padre a condição combinada para a construção da nova capela.

"Foi negociado com o padre no ano passado. Tudo que foi acertado anteriormente será cumprido desde que o padre apresente a documentação do terreno da igreja confirmando que a Prefeitura de Maracanaú doou o espaço para a capela", afirma o gestor.

Ele afirma também que a igreja será demolida completamente em data a ser definida. Vieira afirma que ainda que a SOP está disposta a colaborar com a igreja pA derrubada dos muros da Capela Nossa Senhora das Graças causou polêmica entre fiéis que frequentam a igreja. A Superintendência de Obras Públicas (SOP) afirma que outra igreja será construídaara resolver a situação "mais rápido possível".

Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhar no G+