Ipu (CE): "Duas vezes em uma única semana que minha residência é roubada!"


"Saio para trabalhar em pleno domingo e ao voltar minha casa havia sido roubada, e pela segunda vez em uma única semana. E pasmem, todas as vezes que eu saio para trabalhar. Exijo que a justiça ache os culpados!", lamentou em rede social a jovem Sol Mororó Barroso.

Sair de casa e no regresso encontrá-la violada é algo triste e chocante, pois a casa representa a extensão de nosso corpo.


A jovem ainda mostrou-se decepcionada com os temas segurança e justiça.

"Ipu, cidade sem justiça. Não tem nem juiz, que dirá segurança! Duas vezes em uma única semana que minha residência é roubada!", desabafou.

A jovem falou direto com a nossa redação e deu mais detalhes do ocorrido.

Foi relatado que na última segunda-feira (12), como de costume, a jovem acorda cedo e aguar plantas e sai para trabalhar, por volta das 7 da manhã.

Após o trabalho, ela costuma ir ao centro da cidade resolver suas coisas, mas curiosamente, na ultima segunda-feira, a jovem subiu bem antes e para sua lamentável surpresa, quando chegou em casa haviam levado a frente do paredão de som e o mix.

"Desci e fui à delegacia, mas para a minha surpresa, não podiam fazer Boletim de Ocorrência, pois só é possível pela parte da manhã. Ok! Fazer o quê? Deixar levar o resto? Me matar? Roubar minha casa inteira?", lamentou desolada com a sensação de abandono.

A jovem continuou seu relatou dizendo que neste domingo (18), mais uma vez, acordou cedo para aguar as plantas e sair para trabalhar na AABB de Ipu. Ao voltar passou pela casa da mãe, onde almoçou e retornou para casa aonde tinha que lavar roupas e limpar a casa.

"Quando eu estou abrindo a porta que dá para a a varanda notei que haviam levado o resto do paredão que já tinham começa a levar no início da semana", disse

A jovem disse que "tem certeza que o criminoso é do próprio distrito Várzea do Giló."

Compartilhar no G+