Ipu (CE): 99 agricultores familiares comemoram entrega do título da terra


A abertura da 3a Feira dos Produtos do Agronegócio, em Ipu, foi marcada pelas entregas de 99 títulos de propriedade rural e de uma Casa de Mel que beneficia produtores rurais de Ipu e Pires Ferreira. A solenidade foi comandada pelo secretário do Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz, e pelo assessor especial de Relações Institucionais da Casa Civil, Nelson Martins. Também estiveram presentes: o superintendente do Idace, José Wilson Gonçalves, o prefeito Sérgio Rufino e a prefeita Marfisa Aguiar, e os deputados Moisés Brás e Augusta Brito.

“Agora mesmo, arrumando as coisas do guarda-roupa, disse: meu Deus, me dá o meu lugar para que eu memorize tudo o que é meu e não culpe ninguém. Eu estava arrumando as gavetas e não achava os meus documentos. Aí, chamei a minha filha para procurar mais eu, e ela achou: graças ao meu bom Deus, ela achou!”. O relato de Elisa Alexandre Braga, de 80 anos, traduz bem a expectativa que os agricultores familiares vivem momentos antes de receber o documento da terra emitido pelo Governo do Ceará.

“O meu pai foi cidadão: nos deixou onde morar, dividiu o terreno mais eu e meus irmãos, e eu fiquei com essa partezinha. Hoje, faço o mesmo com os meus: reparto tudo o que tenho porque não há nada nesta terra que fique pra nós quando temos de partir”, ensina a ipueirense que comemorou aniversário há menos de um mês. “(Ainda) Trabalho muito no meu sítiozinho: cuido dos cacho de banana e faço as coisas de casa. A única saudade que tenho é não poder fazer tudo o que fazia antes. Mas, a vida que ficou para trás, ficou”.

“O título em mãos é indução do crescimento econômico e segurança para as famílias, que confirmam a certeza de que a principal herança do homem e da mulher do campo está segura: a terra onde pisam, e onde muitas vezes trabalharam por anos a fio, ficará para os herdeiros”, concorda o secretário De Assis Diniz. Para ele, o documento representa ainda cidadania e a oportunidade de que, tão logo seja registrado em cartório, os agricultores familiares possam acessar o crédito rural oferecido pelos bancos públicos. Ainda no mesmo dia, foi realizada a entrega simbólica de uma Casa de Mel e realizada uma visita para conhecer as instalações do equipamento. A obra do Projeto São José III, que beneficia 40 apicultores de Ipu e Pires Ferreira, recebeu o investimento de R$ 298,562,72. “O campo não é mais lugar do atraso, ou apenas da subsistência. Com a chegada do São José, o Governo do Ceará oferece a chance daquele empurrãozinho nos negócios rurais que muitas vezes falta para que os produtores alcancem sonhos e possam viver com mais autonomia”, comentou o prefeito Sérgio Rufino.


Fonte: Governo do Ceará
Compartilhar no G+