Acusado de estuprar criança em Hidrolândia é capturado pela população em Nova Russas


O acusado passava pela Rua Raimundo Perez de Farias, no Distrito de Major Simplício, Nova Russas, por volta das 07:30 da manhã deste sábado dia 28/09/2019, em um animal (uma Burra),quando foi reconhecido por populares que o seguraram, amararam.

De imediato os policiais militares de Hidrolândia sob o comando do Tenente Evangelista com o apoio das composições da Viatura 7282 de Nova Russas composta pelo sargento Maximiano, sargento J. Silva e o SD M.Gomes, juntamente com a Força Tática de Nova Russas, Sargento Amaury, SD Daniel e o SD Camelo chegaram ao local através de denúncias e evitaram o lixamento do mesmo pela população.

O Indivíduo foi entregue a composição do destacamento de Hidrolândia na pessoa do Tenente Evangelista Martins, que conduzirá o indivíduo até a delegacia de polícia civil de Canindé para a lavratura dos procedimentos cabíveis.

RELEMBRE O CASO:

O fato ocorreu na quarta feira 25/09/2019, na localidade de Olho D’água da Areia – zona rural de Hidrolândia, por volta de 23h20, quando a composição Policial de Hidrolândia foi acionada pelo conselho tutelar daquela cidade para uma ocorrência de estupro de vulnerável, onde a menor: L. V. A. R, 06 anos , residente na zona rural de Hidrolândia se encontrava no hospital local com uma forte hemorragia em sua genitália por conta de violência sexual sofrida por parte de seu padrasto: A. I. I. S, 17 anos , natural de Sobral.

Que informações repassadas pela mãe da criança davam conta de que na tarde da quarta feira (25) por volta de 17h teria deixado a criança sozinha com o acusado com que está junta a aproximadamente 10 meses.

Que ao chegar em casa se deparou com a criança em hemorragia. Que de pronto pediu ajuda ao conselho tutelar que por sua vez acionou o policiamento daquela cidade. O policiamento local juntamente com a mãe da criança fez deslocamento a residência da mesma no intuito de localizar o acusado, que ao ver a aproximação da viatura se evadiu, embrenhando-se no matagal.

Por conta da escuridão não foi mais localizado. Ainda que a vitima junta mente com a mãe e o conselho tutelar foram levados a delegacia regional de Canindé para realização do exame de corpo de delitos.

Fonte: IPAPORANGA NOTÍCIAS
Compartilhar no G+