Jovem homossexual é amarrada, morta a tiros e tem corpo arrastado por rua de Fortaleza


Vítima era homossexual e foi ferida com três tiros na cabeça.

Uma jovem de 20 anos foi amarrada, morta a tiros e teve o corpo arrastado pela Rua Álvares Maciel, no Bairro Pici, em Fortaleza, na noite desta sexta-feira (6). A vítima era homossexual e foi identificada como Beatriz Castro Farias Praciano.

Segundo os agentes, testemunhas ligaram para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) informando que havia uma mulher amarrada para ser executada em um local conhecido como “Beco Maia”.

Os policiais foram checar a denúncia e encontraram o corpo de Beatriz com três tiros na cabeça, nas proximidades do local indicado.

Testemunhas afirmaram para os agentes que cerca de três pessoas foram vistas nas proximidades do corpo da jovem. Os suspeitos fugiram.

Uma das linhas de investigação da polícia é a de que Beatriz tinha envolvimento com o tráfico de drogas na região.

Fonte: G1
Compartilhar no G+