Enderson Moreira não é mais técnico do Ceará


Treinador não resistiu a sequência de maus resultados no Vovô

Cai mais um treinador da Série A do Brasileirão. Enderson Moreira deixou o comando técnico do Ceará na tarde desta terça-feira (1º). O técnico vinha pressionado pela sequência de maus resultados do Vovô no Campeonato Brasileiro. O comandante esteve à frente do Vovô em 22 partidas, com 6 vitórias, 5 empates e 11 derrotas, com aproveitamento de 34,8%.

Junto com o treinador, saem também os preparadores Edy Carlos e Ailton Serafim e o auxiliar técnico Luís Fernando Flores. A situação do treinador vinha ficando insustentável em decorrência dos resultados dos últimos jogos. Sem vencer há oito partidas, o Ceará ocupa atualmente a 15ª posição, com 22 pontos, apenas três a frente do Cruzeiro, primeiro time na zona de rebaixamento.

Nas últimas entrevistas como treinador do Ceará, Enderson vinha subindo o tom e criticando a pressão sofrida por resultados. Com estilo de jogo considerado ofensivo, o técnico não vinha conseguindo que elenco do Vovô fosse efetivo no último passe, a ponto de marcar apenas três gols nos últimas oito partidas disputadas.

No fim de agosto, Enderson chegou a deixar o cargo a disposição da diretoria alvinegra após derrota para o Athletico-PR. Na ocasião, o comandante criticou a pressão sofrida no cargo, e lamentou que a demissão de técnicos após maus resultados seja de responsabilidade exclusiva dos treinadores.

- No dia em que o presidente achar que o trabalho não está bom... É uma coisa mais do que natural no futebol brasileiro, não tem espanto, não tem pressão excessiva. Não acho também que está tudo errado. O Campeonato Brasileiro é extremamente difícil, tem equipes poderosas que também passam por momentos de dificuldades - enfatizou o então técnico.


Com a saída de Enderson, a diretoria alvinegra trabalha para anunciar o nome do substituto. O Vovô tem compromisso no próximo domingo (6) diante do Goiás pela 23ª rodada do Brasileirão. 

Fonte: G1
Compartilhar no G+